Natação em águas abertas

A natação em águas abertas é uma experiência sensacional. Existe um mundo novo e apaixonante dentro do mar.

Nunca é tarde para começar

Não sou uma atleta expert em natação. Na verdade, estou longe de ser. O que eu sou de verdade é uma mulher, adulta com aquela curiosidade infantil que sempre esta ao meu lado e me permite mergulhar em novos desafios para conhecer mundos incríveis. Para completar casei com um homem sério e ao mesmo tempo explorador de novas aventuras.

Assim embarcamos juntos no mundo tri e tivemos nossa primeira experiência no mar em 2009. Foi assim: ele nos inscreveu uma prova de Aquathlon, sem nunca termos nadado no mar. É isso mesmo! Mas com a força que habita em nós. fizemos 3 aulas na Equipe Fox de Copacabana e partimos para nosso desafio: Aquathlon no XTerra etapa Costa Verde.

Depois deste primeiro contato com o mar, perdemos o medo e buscamos aperfeiçoar nossa técnicas para que o nado fluísse sem sofrimento e cansaço excessivo. Se é possível? Claro e vou compartilhar com vocês as minhas descobertas e algumas dicas que fui colecionando com o tempo.

Aventuras em águas abertas

Vou compartilhar as histórias incríveis que vivenciei em cada prova de natação. Algumas foram só natação, outras foram Biathlon, Triathlon, Aquathlon e todas com suas particularidades, muita emoção e histórias. No entanto uma coisa em comum: O lindo e azul mar.

Teve prova que tinham purpurinas no mar, outras tinham bolinhas e mais bolinhas. Provas com ondas imensas e também aquela com o mar do caribe. Uma coisa eu te digo, todas foram sensacionais.

Outros assuntos interessantes

Esse site não fala só sobre natação e sim sobre uma vida com o esporte. Aqui você vai encontrar coisas bacanas sobre corrida, ciclismo, saúde, nutrição, família, filhos, muitas aventuras e provas inesquecíveis. Tais como: A minha preparação para o meu primeiro Ironman70.3, por exemplo.

Vou te mostrar que este mundo Tri não é apenas para atletas de ponta, pois existe uma fatia para os amadores e que querem se endorfinar. Neste mundo existem regras e vou te mostrar a visão de uma pessoa que começou a correr do zero, aos 36 anos, e aos 39 resolveu se aventurar no Triathlon.

Não é necessário ser um atleta profissional, em suma, basta ter força de vontade e encarar os desafios. Só te garanto que você nunca vai morrer de tédio e ganhará de brinde uma vida nova e longa, repleta de saúde. Ou seja, caminho é o esporte.

Corrida
Ciclismo
Nossa história
natação em águas abertas ciclismo e corrida
Primeiro Ironman70.3
natação em águas abertas ciclismo e corrida
Todas as aventuras